Image

Renault Sandero 1.6 perde versões com câmbio automático CVT

29

dez
2020

O Renault Sandero sofreu mais um reposicionamento de versões, passando a ter apenas uma variante com motor 1.6 e deixando de ser vendido com câmbio automático CVT. Essa transmissão agora é exclusiva do aventureiro Stepway.

Em agosto, a Renault já havia tirado de linha as versões Zen, Intense e Iconic com a motorização 1.6 CVT.

O Sandero GT Line 1.6 CVT foi lançado em junho, mas os R$ 81.090 cobrados pela Renault o deixava muito próximo dos valores do Stepway, do esportivo RS 2.0 e até mesmo da versão de entrada do Duster. Agora, a linha Sandero fica posicionada da seguinte maneira:

Sandero Life 1.0 – R$ 58.190
Sandero Zen 1.0 – R$ 61.590
Sandero GT Line 1.0 – R$ 64.090
Sandero Zen 1.6 – R$ 67.890
Sandero RS 2.0 – R$ 81.990

Já a gama Stepway é oferecida nas versões Zen 1.6 (R$ 74.890) e Iconic 1.6 CVT (R$ 87.090).

Motorizações

O motor SCe 1.0 de três cilindros das versões de entrada do Sandero entrega até 82 cv de potência, sempre combinada ao câmbio manual de cinco marchas. Já a SCe 1.6 de quatro cilindros gera 118 cv.

No caso do esportivo Sandero RS, o motor 2.0 desenvolve 150 cv, conectado a uma transmissão manual de seis velocidades.

Fotos: Divulgação

Sobre o autor

Editor. Começou a trabalhar no Carsale em 2012, mas gosta e acompanha o universo automotivo desde que se conhece por gente. Prefere carros compactos e práticos, mas se diverte da mesma forma quando avalia um utilitário no fora-de-estrada ou acelera um superesportivo num autódromo.